Uncategorized

Solid Sounds com muito som

Multiplicam-se os concertos e eventos agendados pela produtora para o BlueFrog. Bandas e artistas locais e estrangeiros passam pelo espaço numa sucessão de espectáculos que arranca já hoje.

Guitarras, metal, uma banda germano-japonesa, outra de Hong Kong, muita prata de casa. Nas próximas semanas, a contar já desta noite, o bar BlueFrog recebe uma série de espectáculos programados pela Solid Sounds.

Hoje, os guitarristas locais Victor Garnier, Andy Bruce, João Gonçalves e António Conceição actuam num serão em que as cordas têm lugar de destaque. A sessão é descrita como “uma noite original de guitarra a solo”, tocadas por “quatro diferentes pares de mãos”. O espectáculo está marcado para as 22h30 e a entrada é livre.

Com o concerto desta noite, a Solid Sounds, promotora de Ray Granlund e Victor Garnier, arranca para várias sessões de muita música, que têm segundo capítulo já amanhã, quando os F.B.I (Fire Bird International) a começarem a amanhar os primeiros acordes no BlueFrog. Também às 22h30, a banda de Hong Kong – composta por três músicos naturais da região vizinha e um australiano – descarrega o rock da RAEHK junto do público de Macau.

Sem uma noite de descanso, domingo é a vez de o metal suceder às guitarras e ao rock. Naquela que é apresentada como uma “metal DJ party” à responsabilidade de Fat Jesus, prometem-se, além do som, as melhores misturas de vídeos de metal para ver em ecrã gigante. Som ‘industrial’, ‘nu-me metal’, ‘prog metal’, ‘skate punk’, ‘hardocore’ e ‘experimental’ são alguns dos subgéneros que acompanharão os sempre presentes ‘clássicos’ a partir das 23h.

Descanse-se durante a semana porque no sábado seguinte chegam os Pitchtuner ao primeiro andar do BlueFrog. Com elementos do Japão e da Alemanha, a banda conta já dois álbuns, sete anos de história e mais de 400 concertos entre o país nipónico e a Europa. Agora, com o terceiro disco, “Riding the Fire”, os Pitchtuner continuam a trabalhar nos domínios da electrónica dançável. O concerto, a 4 de Junho, está marcado para as 22h30.

Prosseguimos a digressão musical com uma banda que chega de Hong Kong e que tem no nome o primeiro atractivo: chamam-se ‘só’ David Bowie Knives e sobem a um dos palcos mais movimentados da RAEM nos últimos tempos a 10 de Junho, sexta-feira, igualmente às 22h30. Com Gabe André na percussão, Shaun Martin na guitarra e voz, e Ali Reid no baixo na voz, a banda define a sua música como ‘sexrock’ e avisa todos os promotores interessados nos seus serviços que toca “em troca de Guiness”.

No dia seguinte, sábado, é a vez do bem conhecido músico local Zico actuar, na companhia da Groove Ensemble. À mesma hora, o trio que tem animado várias noites no bar Roadhouse, ao NAPE, e noutras casas do território, apresenta o repertório rock e blues a que já habitou o público de Macau.

Finalmente, a 18 de Junho, chegam os The High Rollers, com o canadiano Darren Kopas na bateria, Mike Win, de Honolulu, no baixo e na voz, o português Lula Francisco na guitarra e o australiano Billy ‘da Kidd’ Chan como vocalista principal e guitarrista. Depois de já terem passado pelo BlueFrog e de nos últimos seis meses terem percorrido bares e pubs de Macau e Hong Kong, os músicos regressam com ‘covers’ de vários géneros e épocas. A música country, o rock’n’roll e o blues são apenas parte do que contam interpretar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s