Uncategorized

Borges brinca connosco

Eduarda Sousa

O universo Borgiano é constituído maioritariamente por contos fantásticos, onde a verdade e o sonho teimam em misturar-se história após história. Ler Borges (escritor, poeta e ensaísta argentino) é enredarmo-nos numa extensa teia de aranha peganhenta, que nos obriga a avançar e recuar entre as palavras.

Sim, é verdade: quando pensávamos que já tínhamos compreendido o conto, Borges consegue habilidosamente trocar-nos as voltas. Com “El Aleph” vivemos por um período indeterminado num cosmos habitado por labirintos, espelhos, sonhos, consciência, Deus, ilusões, símbolos religiosos, tempo, eternidade…

“El Aleph” resulta de uma compilação de 17 contos, número que pode variar de edição para edição. Os contos mais conhecidos que fazem parte desta colectânea são “Os imortais”, “Os teólogos”, “O Zahir”, “A Escritura de Deus”, “Os dois reis e os dois labirintos”, e “El Aleph”.

Os meus dois preferidos são “O Zahir” e “El Aleph”. “O Zahir” é uma moeda que esmaga a memória e o pensamento. Depois de uma pessoa a ver, nunca mais consegue pensar em mais nada: o pensamento é devorado por ela. “El Aleph” é um ponto do espaço por onde passam todos os outros pontos, ou seja, é um ponto através do qual podemos observar todos os lugares e coisas do mundo, de todos os ângulos. Através deste ponto um homem tenta recrear o mundo por meio da poesia.

É muito frequente Borges fazer-nos acreditar que a história que vai contar é verdadeira e, quando chegamos ao fim, reparamos que tudo não passou de um sonho. O próprio leitor perde-se constantemente no pensamento labiríntico do autor e nem uma atenção desmedida poderá chegar para compreender o conto logo à primeira.

No fundo, Borges brinca connosco e nós deixamos: rebolamo-nos às gargalhadas por entre novelos de lã. No final: é preciso voltar a compor o novelo.

 

El Aleph

Jorge Luis Borges, 1947

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s