Uncategorized

Macau mostra-se em Veneza

A exposição PATOMEN, da autoria de Carlos Marreiros, já inaugurou na 55ª Exposição Internacional de Arte – Bienal de Veneza. O projecto do artista e arquitecto macaense ilustra a sua visão sobre o funcionamento da informação nas sociedades, numa tentativa de levar o público a pensar sobre conceitos como veracidade, manipulação, fiabilidade e moralidade

É a quarta vez que o Museu de Arte de Macau (MAM) apresenta obras de artistas contemporâneos do Macau sob a designação Macau-China na Bienal de Veneza. O director do MAM, Chan Hou Seng, e Carlos Marreiros, autor da exposição, estiveram na cerimónia de inauguração, acompanhados de Weng Chio, curadora da mostra, e da restante comitiva.

Pa Keong Sequeira, Lai Sio Kit, Chan Ka Keong e Denis Murrell, artistas seleccionados pelo MAM para participação no Programa de Visitas da bienal, também marcaram presenla. O artista local Konstantin Bessmertnyi e um conjunto de outros autores de Macau compareceram à inauguração .

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s