Breves

Baptista Bastos (1934-2017)

O jornalista e escritor Armando Baptista-Bastos morreu ontem, aos 83 anos, em Lisboa, e os obituários multiplicam-se por jornais e sites noticiosos. No Observador, Tiago Palma assina um perfil muito completo que pode ser lido aqui. Um excerto:

Armando Baptista Bastos, ainda como jornalista, escreveu em alguns dos mais importantes jornais e revistas em Portugal: República, O Diário, Almanaque, Seara Nova, Sábado, sendo também o redator em Lisboa da agência de notícias France Press. A sua passagem por todas estas redações foi, quase sempre, curta. Não o foi no Diário Popular, onde trabalhou vinte e três anos, de 1965 até 1988 — tendo as suas reportagens, crónicas ou, sobretudo, entrevistas, sido certo dia descritas pelo também jornalista Adelino Gomes como de “um estilo inconfundível”. Baptista Bastos foi ainda fundador do semanário O Ponto onde essas suas entrevistas de estilo único se destacam.

(fotografia ©Wikimedia Commons)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s