Crónica

Escrita na Brisa (Yao Feng)

Traduzindo a Paixão

Já fiquei apaixonado duas ou três vezes, mas continuo a não saber como traduzir adequadamente a palavra “paixão” para chinês. Claro que há várias traduções, mas nenhuma delas é satisfatória, pelo menos na minha perspectiva. Por exemplo, pode ser traduzida por “qi qing”, a palavra que, porém, se confunde facilmente com a “emoção”. Então pedi a uma amiga portuguesa para me explicar correctamente o que quer dizer em português. Uma chama que arde nas veias coroada de cinzas? Uma relâmpago que toca subitamente a alma e o corpo, ignorando os pára-raios? Um sentimento intenso e efémero que antecede o amor ou pode até não ser amor? Ou apenas um impulso ou uma loucura que procura na escuridão um leito de alguém para se deitar? Ou a paixão vem e passa como se uma brisa soprasse uma flor? Será que a paixão valoriza mais as belas aparências sem dar importância à chamada “beleza interior” da pessoa? Será que o amor começa com a paixão mas ambos não podem acontecer ao mesmo tempo?

A verdade é que as explicações me deixaram ainda mais confuso na busca de uma tradução adequada. Será que preciso de ficar apaixonado mais uma vez para perceber melhor o significado da palavra? Consultando o dicionário online, vi que a “paixão” quer dizer “um sentimento intenso e geralmente violento (de afeto, ódio, alegria, etc.) que dificulta o exercício de uma lógica imparcial.”

De afeto, ódio, alegria, etc., enfim, esta palavra tem uma dimensão maior do que uma tradução verbal.

Yao Feng

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s