Breves

Um Partenon feito de livros

Num projecto intitulado «A Queda dos Mitos Universais», a artista plástica argentina Marta Minujín tem desconstruído a imagem de monumentos históricos. O seu mais recente trabalho parte do Partenon grego para criar um novo monumento, todo construído com exemplares de livros proibidos por diferentes regimes. O projecto começou nos anos 80, com um monumento mais pequeno e construído com os livros proibidos durante a ditadura argentina. Agora, convocando os ideais associados à mais antiga democracia do mundo, o Parthenon of Books mostra-se ao público na cidade alemã de Kassel (na mesma praça onde o regime nazi queimou milhares de livros), durante a exposição de arte contemporânea Documenta 14. Na sua construção foram integrados muitos milhares de livros proibidos por diferentes regimes do mundo, muitos deles oferecidos por todos quantos quiseram juntar-se a este gesto artístico pela liberdade de expressão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s