O corpo certo
Crítica

O corpo certo

Sara Figueiredo Costa Quando nasceu, em 1926, chamaram-no James Morris. Estudou em Oxford, foi oficial do Exército Britânico, jornalista, escritor e um viajante dedicado. Casou com Elizabeth Tuckiness, sua companheira de sempre, com quem teve cinco filhos. Deviam tê-lo chamado Jan Morris, nome mais apropriado para alguém que sempre soube ser uma mulher, mesmo que … Continuar a ler

A angústia do duplo
Crítica

A angústia do duplo

Viet Thanh Nguyen O Simpatizante Elsinore   Sara Figueiredo Costa Em 1975, Saigão aguarda a chegada dos vietcongs. O exército do Vietname do Sul já iniciou a retirada e os últimos militares e respectivas famílias degladiam-se para ver quem consegue escapar nos últimos aviões disponíveis para a fuga. Um general desse exército selecciona os felizardos … Continuar a ler

Mudar de pele
Crítica

Mudar de pele

  Sara Figueiredo Costa     Ana Pessoa tem escrito romances povoados por personagens juvenis, primeiro em O Caderno Vermelho da Rapariga Karateca, depois em Supergigante e agora neste Mary John. Se esse facto transforma o que escreve em ‘livros juvenis’ é discussão que não cabe aqui, desde logo por semelhante categorização não corresponder a … Continuar a ler